No dia 20 de maio de 2018, a comunidade do Cerro da Ponte Alta – Irati, igreja Sagrado Coração de Jesus e Maria, de rito ucraniano católico, esteve em festa para comemorar o Jubileu de Prata de vida sacerdotal do Pe. Antônio Royk Sobrinho, OSBM, Superior Provincial dos Padres Basilianos no Brasil, que há 25 anos atrás foi ordenado sacerdote na mesma igreja.

Durante a Divina Liturgia, concelebrada por diversos padres basilianos, entre os quais Superior Geral da Ordem Basiliana, vindo de Roma para a visita canônica geral no Brasil, e o Monsenhor Mário Spacki, recém nomeado Bispo para a Diocese da Paranavaí, em sua homilia, o padre Royk disse que celebrar o Jubileu é um fato bíblico e que requer certas características como: ação de graças a Deus; reconciliação com o passado; reafirmação do compromisso assumido e confiança na Providência Divina. Por isso, nesta celebração, presta ação de graças a Deus, pede perdão a Deus a todos pelos seus pecados e limites durante a sua caminhada, reafirma o compromisso assumido com Deus e com a Igreja e confia na Providência Divina que o conduzirá até o fim. Reza por todos e agradece a todos que fazem parte da sua caminhada e missão.

O Pe. Royk também lembrou, com profunda emoção, de seus pais já falecidos e das pessoas que o ajudaram e não se encontram mais nesta vida.

A Divina Liturgia teve a participação de muitos fiéis, entre os quais grande número de seus familiares e também de pessoas consagradas e cantada pelo Coral da Catedral Nossa Senhora Imaculada Conceição de Prudentópolis – PR.

Antes e após a celebração, o jubilando recebeu várias homenagens e presentes das crianças, da comunidade, dos familiares e do Superior Geral, Pe. Genésio, aos quais agradeceu com profunda emoção e concedeu a bênção.

A comunidade preparou um saboroso almoço e uma tarde festiva aos participantes.

 

Fotos: Márcia Royk e Milena Schilian.