Nos dias 6 e 7 de agosto de 2017, a Paróquia Sagrada Família, juntamente com as 13 comunidades que a compõem, celebrou o Jubileu dos 400 anos da Ordem de São Basílio Magno e os 120 anos de presença e missão dos padres e irmãos basilianos no Brasil.

A celebração teve início no dia 6, sábado, às 18 horas, com a celebração da Divina Liturgia presidida pelo Superior Provincial, Pe. Antônio Royk Sobrinho, OSBM, e concelebrada por diversos sacerdotes basilianos. A divina Liturgia, celebrada em língua portuguesa, foi cantada pelos irmãos estudantes e noviços basilianos.

No domingo, dia 7, a cerimônia iniciou-se com a recepção ao Arcebispo Metropolita Dom Volodemer Koubetch, OSBM, a Dom Petró Staciuk – Eparca na Austrália, aos padres, às pessoas consagradas e a todos os fiéis presentes. Após a recepção, ainda diante da porta central da igreja, houve a homenagem aos basilianos.

Todos adentraram na igreja, onde houve a bênção do nincho do ícone da Sagrada Família, e depois seguiram em procissão até o Monte Claro, percorrendo o caminho da via sacra. No alto do morro foi realizada a bênção da cruz missionária, que fora colocada no mesmo local onde se localizava a cruz das Santas Missões. A Divina Liturgia, presidida por Dom Volodemer Koubetch e concelebrada pelo Bispo Dom Petró, por vários sacerdotes basilianos e pelo diácono Romeu Smaha, com a presença de várias pessoas consagradas e muitos fiéis, foi celebrada na Capela da Crucifixão, que foi construída exatamente no lugar onde ficava a igreja que foi destruída pelo fogo.

Após o saboroso almoço, servido pela comunidade, houve um momento de homenagem feito pelas várias comunidades que compõem a Paróquia Sagrada Família e um histórico da paróquia apresentado oralmente pelo Pe. Basílio Cembalista, OSBM, e a exposição de fotos históricas. Também foi distribuído aos presentes uma brochura sobre a história de Iracema, elaborada pelo Pe. Basílio Cembalista.

À comunidade de Irecema, sincera gratidão dos Padres e Irmãos Basilianos da Província de São José do Brasil.

Mais informações podem ser lidas na matéria publicada por Dom Volodemer, no site da Metropolia: https://metropolia.org.br/noticias/historia-basiliana-revivida-em-iracema/