As celebrações tiveram início às 8h45h com a concentração dos romeiros na Igreja Matriz do rito latino, seguidas pela procissão com o ícone de Nossa Senhora dos Corais, sob a guia da comunidade de Roncador – PR, até a Igreja Ucraniana, onde foi recepcionada pelo Metropolita Dom Volodemer Koubetch, OSBM, sacerdotes, diáconos e autoridades presentes.

Em seguida teve início a Divina Liturgia, na qual a igreja foi proclamada Santuário Nossa Senhora dos Corais, e declarada como padroeira dos ucranianos no Brasil. Nessa oportunidade foi designado  o primeiro Reitor do Santuário, Pe. Mário Ciupa. Na parte da tarde, as 14h houve uma encenação teatral sobre a História do Santuário, apresentada pelos jovens da comunidade. Em seguida foi celebrado o Molében à Nossa Senhora, e daí os celebrantes e o povo desceram até à gruta a fim de realizar a bênção da água e dos objetos devocionais apresentados pelos romeiros.

 

 

Breve histórico

A primeira capela em Antonio Olinto foi construída entre 1902 e 1913. A partir de 1896-1897, até a vinda do Pe. João Mychalczuk, a comunidade foi atendida por missionários itinerantes. O primeiro batizado registrado nos livros da igreja foi realizado pelo Pe. Clemente Bzukhovskij, OSBM, em 1903. Foi também o padre Bzukhovskij que construíu a atual igreja, posteriormente remodelada em alguns detalhes.

O Pe. João Mychalczuk atendeu a comunidade de 1911 a 1950, contribuindo imensamente para formação da história de Antônio Olinto; ele tornou-se basiliano três dias antes de sua morte, ocorrida no dia 13 de julho de 1950. A partir de 1959, passou a ser atendida pelos Padres Basilianos de Curitiba: Dom José Martenetz (1959-1962), José Preima (1962-1966), TarásOliynek (1966-1970), Inocêncio Baran (1970-1972), Tarcísio Zaluskei (1972-1974), Vidal Klymczuk (1974-1977), Pedro Blachechen (1977-1980), Atanásio Kupicki (1980-1981), Valdomiro Burko (1981-1982), Inocêncio Baran (1982-1983), Luís Slobojian (1983-1989), Paulo Markiv (1989-1993), Meron Mazur (1993-2000), Volodemer Koubetch (julho de 2000 a julho de 2002); Pe. Valmir Uhren, OSBM (abril de 2008 a agosto de 2012); Pe. Arcenio Krefer, OSBM (setembro de 2012 a fevereiro de 2016). (Fonte: site da Metropolia)

A partir do ano 1991 a igreja tornou-se um Centro Eparquial de Peregrinação Mariana.

Atuamente, o reitor é o Pe. Mário Ciupa. Ele conta com o auxílio do diácono João Karpovicz.

Dois sacerdotes basilianos provêm de Antonio Olinto: Pe. Ivo Komiak, OSBM e Pe. João Karpovicz Sobrinho, OSBM, ambos originários da comunidade de Campina de Cima.