Quase 220 anos depois de sua beatificação, em 29 de junho de 1867 o Papa Pio IX elevou o mártir da união e reformador da vida religiosa basiliana – Josafat,  à honra dos altares.

São Josafat é o padroeiro da cidade de Prudentópolis, principal centro dos basilianos no Brasil, onde situa-se a Paróquia a ele dedicada, na qual, no dia 28, véspera dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, solenemente foram celebrados os 150 anos da sua canonização.

Religiosos basilianos, juntamente com o Bispo Eparca Dom Meron Mazur, OSBM, pessoas consagradas e leigos, celebraram o ofício divino, presidido pelo superior provincial Pe. Antônio Royk Sobrinho, OSBM. Logo após teve início a Divina Liturgia, presidida por Dom Meron e concelebrada pelos sacerdotes presentes que também vieram de outras localidades. O Pe. Tarcísio Zaluski, OSBM, proferiu uma bela e profunda homilia sobre o itinerário para a canonização de São Josafat. Após a Divina Liturgia, todos saíram solenemente em procissão com as relíquias de São Josafat e, ao retornarem ao templo, puderam aproximar-se das relíquias com muita veneração e receberam a indulgência concedida por Dom Meron.

Que  São Josafat interceda pela paróquia, especialmente por toda a Ordem de São Basílio neste ano jubilar.

Diác. Estefano Wonsik,OSBM
Fotos: Ir. Jonas Chupel, OSBM