No último dia 04 de março, aconteceu a 38ª Romaria Penitencial na Paróquia Sagrada Família de Iracema, município de Itaiópolis/SC, atendida pelos Padres Basilianos. Neste dia nós celebramos o 3º Domingo da Grande Quaresma, dia em que a Igreja nos propõe a Veneração da Santa Cruz como um incentivo para continuarmos firmes neste tempo jejum e de preparação para a Ressurreição de nosso Senhor, Jesus Cristo.

A celebração penitencial foi iniciada com a tradicional bênção da água, que este ano foi realizada pelo protoarquimandrita – superior geral – da Ordem de São Basílio Magno (OSBM), Pe. Genésio Viomar, e pelo pároco local, Pe. Antônio Nazarko. Em seguida, o Pe. Antônio Royk Sobrinho, superior provincial da OSBM no Brasil, em meio a cantos que relembravam o sofrimento de Jesus, entoados pelos irmãos estudantes basilianos e pelo povo, realizou uma profunda meditação sobre cada uma das 14 estações da Via-Sacra que vão em direção ao Morro Santo, local onde em 1955 a igreja, o campanário e o mosteiro basiliano foram destruídos por um incêndio.

Após o término da Via-Sacra, iniciou-se a celebração da Divina Liturgia presidida pelo Pe. Genésio e cantada pelos Jovens Marianos da Paróquia São Josafat de Prudentópolis/PR. Durante a homilia, o Pe. Genésio convidou os romeiros a refletirem sobre as palavras do Evangelho do dia (Mc 8,34-9,1), destacando o convite de Jesus para O seguir, mas segui-lo com amor, pois é uma escolha livre e que cada um de nós podemos tomar. Isto é, Jesus nos quer afirmar que a vocação definitiva do cristão é a participação na sua morte e ressurreição, para a própria salvação e a salvação do próximo. Pe. Genésio ainda ressaltou para não termos vergonha do Cristo humilde e despojado e de sermos seus discípulos; e orientou para não buscarmos honrarias à sombra de um Mestre de renome, mas para seguirmos Jesus, renunciando a nós mesmos, tomando a própria cruz e entregando a nossa vida por causa de d’Ele e do Seu Evangelho.

Romeiros vindos de várias partes da região Sul do Brasil se fizeram presentes em busca de graças, em sinal de profundo arrependimento e penitência; e em agradecimento a Deus pelos benefícios por Ele concedidos. Esta romaria contou com a presença de diversos padres do clero basiliano e diocesano, do Brasil e do exterior, como o Pe. Maurício Popadiuk, OSBM, natural de Craveiro, mas que reside em Roma, na Itália, e o Pe. Paulo Krechun, OSBM, da Ucrânia. Também esteve presente a Madre Geral das Irmãs Servas de Maria Imaculada, Ir. Sofia Lebedovicz, que é natural da Polônia e reside em Roma.

Ir. Marco Antônio Pensak, OSBM