Carta do Pe. Silvestre Kizema ao Pe. M. Mycielski

Autor: Pe. Silvestre Kizema, OSBM; Tradução: Pe. Soter Schiller, OSBM.

Resumo:

Publicamos a primeira carta do primeiro missionário basiliano vindo ao Brasil, padre Silvestre Kizema.  Datada em 8 de agosto de 1897, a dirige-se ao “superior provincial”, sem mencionar o seu nome. Era o período imediatamente após a reforma de Dobromyl (1882-1904) em que a Ordem Basiliana, por determinação da Sé Apostólica, passou por uma remodelação conduzida pelos interventores padres jesuítas. Os superiores provinciais eram, na época, jesuítas. No ano de 1897, até o mês de setembro exerceu o cargo de superior provincial o Pe. Gabriel Sczepkowski, SJ e, a partir desse mês, o Pe. M. Mycielski, também jesuíta. Fica a dúvida ao qual dos dois o padre Kizema se dirige. A carta relata as dificuldades encontradas pelo padre para obter a licença do bispo de Curitiba (D. João Braga, na época) para o exercício do ministério entre os imigrantes ucranianos no Paraná, como também retrata as condições de vida nos inícios da emigração.

            A carta foi escrita em polonês, assim como uma segunda enviada logo em seguida, e se conserva no Arquivo da Companhia de Jesus em Cracóvia, Polônia. Utilizamo-nos, nesta tradução para o português, a tradução ucraniana feita pela sra. prof. Natália Rybak, que por sua vez usou uma cópia do original. A cópia encerra alguns problemas de leitura, sendo até ilegível em alguns pontos. As lacunas de uma ou algumas palavras assinalamos com (…). Trechos ilegíveis mais longos, de algumas linhas, são registrados pelo número de linhas omitidas.

Carta completa em PDF

Postagens Recentes