SEDE PROVINCIAL BRASILEIRA

SEDE PROVINCIAL BRASILEIRA

A presença dos Padres Basilianos no Brasil tem seu início no ano de 1897. Historicamente, à medida em que crescia o número de membros, houve a necessidade de adaptar a organização e a estrutura interna a fim de corresponder dentro da Igreja Católica de rito bizantino ucraniano no Brasil às novas necessidades missionárias, vocacionais, culturais e pastorais que vinham se sobrepondo, não sem obstáculos.

Entre 1905 e 1931, funcionou como Missão Canônica, tendo como coordenador o Pe. Marciano Szkirpan, OSBM. No ano de 1931, foi fundada a Vice-Província São José com sede em Prudentópolis, tendo como primeiro Superior o Pe. Eustáquio Turkovyd, OSBM.

Em 1948 a Vice Província foi elevada ao status de Província, mantendo a sua sede em Prudentópolis, tendo como primeiro Superior Provincial o Pe. José Romão Martenetz, OSBM.

No ano de 1988, quando fora Superior Provincial o Pe. Teodoro Lademiro Haliski, OSBM, a sede provincial foi transferida para Curitiba, junto a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, onde permaneceu por um período inferior a um ano. Ainda em 1988 com a nomeação do Pe. Teodoro para Secretário Geral da OSBM em Roma e a eleição do Pe. Tarcísio Orestes Zaluski, OSBM, como novo Superior Provincial, a sede provincial retornou para Prudentópolis. Entre os anos de 1992 e 1996, quando o Superior Provincial fora o Pe. Januário Basílio Prestavski, OSBM, a sede provincial funcionou na cidade de Irati, junto a Paróquia Imaculado Coração de Maria.

No ano de 1996, quando fora eleito Superior Provincial o Pe. Domingos Miguel Starepravo, OSBM, tendo em vista a centralidade da capital do Estado do Paraná, a sede provincial foi transferida para Curitiba, funcionando novamente junto à casa paroquial da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Nos anos 1997-1998, o Pe. Domingos empenhou-se por ajudas de benfeitores do Brasil e do exterior para construir a nova casa e sede provincial e paroquial, a qual foi construída ao lado da antiga casa paroquial da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora e inaugurada solenemente aos 27 de setembro de 1998 por D. Efraim B. Krevey, OSBM, então Bispo Eparca para os Ucranianos Católicos no Brasil. Fizeram-se presentes no ato o Superior Geral da OSBM de Roma, Pe, Dionisio Paulo Lachovicz, OSBM, e o Conselheiro Geral Pe. José Budai, OSBM, além de numerosos padres basilianos das nossas casas e residências brasileiras.

Embora, a sede provincial funcionasse normalmente junto à paróquia, seguidamente surgiam ideias de que o ideal seria um centro administrativo mais independente de estruturas paroquiais, porém eram apenas suposições visto o elevado custo dos imóveis e construção de residência. A partir do falecimento do Bispo emérito da Eparquia de São João Batista, D. Efraim Basílio Krevey, OSBM, aos 3 de abril de 2012, e sua proposta para que, caso a casa por ele construída no bairro São Braz, não servisse para apropriados fins da supracitada eparquia, fosse cumprida a sua vontade para que seja destinada para a futura sede provincial dos Padres Basilianos no Brasil. A concretização dessa proposta dependia da decisão do Bispo Ordinário D. Volodemer Koubetch, OSBM, do seu Conselho Presbiteral e do Conselho para os Assuntos Econômicos. Passaram-se dois anos e meio e nesse período esta casa fora residência do Bispo Auxiliar D. Meron Mazur, OSBM.

A partir da divisão pelo Papa Francisco da Eparquia de São João Batista para duas entidades eclesiásticas: Metropolia Católica Ucraniana São João Batista com sede em Curitiba e Eparquia Nossa Senhora Imaculada Conceição com sede em Prudentópolis, ocorrida aos 12 de maio de 2014, a proposta de D. Efraim tomou corpo e, conforme a sua carta de 12 de novembro de 2009, o Superior Provincial Pe. Paulo Markiv, OSBM, e o Ecônomo Provincial Pe. Arcenio Krefer, OSBM, iniciaram os trâmites com certa urgência, antes que a casa ficasse abandonada ao tempo. Conforme a proposta, foi pago o valor estipulado à Metropolia e a Província São José dos Padres Basilianos no Brasil, definitivamente ficou com o imóvel e o edifício. A partir daí, conforme o cânon 509 do CCEO (Codex Canonum Ecclesiarum Orientalium), havia a necessidade do consentimento e da bênção do Arcebispo Metropolita D. Volodemer Koubetch, OSBM, para a criação da nova casa religiosa em seu território canônico, o que ocorrera aos 16 de março de 2015. Conforme os Estatutos religiosos da OSBM, ainda havia a necessidade de se fazer um relatório dos custos para a manutenção desta futura residência. Tendo o consentimento do Arcebispo Metropolita e o relatório em mãos, em carta (N° 22/2015 do dia 17 de março de 2015) ao Superior Geral da OSBM em Roma e de acordo com as normas da Igreja e da OSBM, solicitou-se a bênção do Superior Geral e o consentimento do seu Conselho para a fundação da nova sede. Em reunião realizada aos 19 de março de 2015 (N° 19/2015), o Superior Geral com o consentimento do seu Conselho decidiu a favor da solicitação, nomeando a nova sede como “Residência D. Efraim Basílio Krevey, OSBM”.

A inauguração da nova sede provincial no bairro São Braz, Curitiba, ocorrera aos 25 de março de 2015, com a presença de mais de uma dezena de padres basilianos e diocesanos, além das autoridades das Irmãs Servas de Maria Imaculada, das Irmãs Catequistas de Sant’Ana, das Irmãs Basilianas, das Catequistas do Sagrado Coração de Jesus e um número restrito de fiéis da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Conforme a carta (N° 12/2015 do dia 19/03/2015) a partir do momento da inauguração, a antiga sede provincial junto à casa paroquial da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, perdeu o status de sede provincial, tornando-se residência paroquial.

A nova sede provincial necessitará ainda de futuras adaptações para que possa cumprir com as finalidades propostas e as necessidades que advirão.