A cidade de Prudentópolis chama a atenção por possuir diversos atrativos culturais, naturais e, de maneira especial, religiosos. O tempo pascal é marcado por belíssimas celebrações religiosas. A cidade é constituída por mais de 70% de descendentes de ucranianos, que guardam com zelo a tradição e a fé trazidas pelos antepassados da Ucrânia.

Prudentópolis possui uma das mais belas igrejas do Brasil – Igreja de São Josafat – sob os cuidados dos religiosos da Ordem de São Basílio Magno, que neste ano completam 120 anos de missão em terras brasileiras.

Este ano as celebrações da Paixão e da Ressurreição do Senhor não foram diferentes. Pessoas de longe e de perto estiveram presentes para prestigiar esse momento de fé do povo ucraniano. Na sexta-feira santa, as celebrações começaram às 9 horas da manhã. A irmandade dos cossacos, que conta com quase 150 membros, a cada pouco trocava seus postos vigiando o túmulo do Senhor, no qual encontrava-se exposto o Santo Sudário. A fila de pessoas para a veneração do Sudário parou as 20:30 e após a celebração continuou noite adentro. Vários grupos estiveram em vigília durante a madrugada. No sábado, de hora em hora, as cestas com os alimentos pascais eram trazidas pelos fiéis para serem abençoadas. Juntamente com os ucranianos, muitos simpatizantes, alguns turistas japoneses de São Paulo e pessoas vindas de outros lugares, fizeram questão de abençoar os alimentos. Alguns turistas afirmaram que nunca haviam presenciado uma tradição tão rica.A Divina Liturgia da Ressurreição foi celebrada pelo Pe. Dionisio Horbus, OSBM – pároco, com o templo repleto de fiéis. Ao soar dos sinos, em tom de alegria, todos, devotamente, caminharam em procissão ao redor da igreja, cantando a alegria da Ressurreição de Cristo. O coral da Paróquia São Josafat, sob a direção da Ir. Celina Sloboda, SMI, mais uma vez abrilhantou este lindo ato de fé.

Nosso povo é um povo de fé, piedoso, generoso. Um povo que, depois de 125 anos, não deixou para trás a fé e a tradição trazidas pelos seus pais, avós e bisavós.

Sejamos, cada um de nós, responsáveis em manter essa rica tradição e, principalmente, esta luz da fé acesa em cada coração.

Cristo Ressuscitou! Verdadeiramente Ressuscitou!

Diác. Estefano Wonsik, OSBM

Fotos: vitrine prudentopolis.