ORDEM DE SÃO BASÍLIO MAGNO

linha2

A Ordem Basiliana é considerada como a mais antiga comunidade de vida religiosa existente no mundo. A vivência e a prática da espiritualidade desta comunidade fundamenta-se no ensinamento e no projeto de vida cristã comunitária de São Basílio Magno ( 330 – 379 ), um Padre grego, dos mais destacados da Antiguidade cristã.

A vida religiosa segundo os ideais de S. Basílio — que se encontra presente em diversos lugares do Oriente— adquiriu um caráter próprio em terras ucranianas. No século 17, dois grandes vultos da Igreja ucraniana, o bispo-metropolita José Benjamin Rutskei e São Josafat, levaram a termo uma reestruturação da Ordem Basiliana, imprimindo-lhe uma orientação particular e configurando-a como um ramo distinto da família basiliana, que por isso recebeu a denominação de “Ordem Basiliana de São Josafat”.

A vinda do primeiro missionário basiliano ao Brasil, Pe. Silvestre Kizema, deu-se na metade do ano de 1897. Até hoje empenharam-se em pregar missões, catequizar, administrar sacramentos, organizar comunidades, construir igrejas, escolas, centros culturais em várias comunidades ucranianas católicas nos Estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

SÃO BASÍLIO

linha

São Basílio Magno nasceu em Cesaréia, principal cidade da Capadócia, na Ásia Menor, em 329. Seu pai era Basílio, homem poderoso e justo, sua mãe Emélia, avó Macrina, sua irmã mais velha também era Macrina.

SÃO JOSAFAT

linha

São Josafat nasceu no ano de 1580, em Volodymyr na Volínia. Seu pai Gabriel e sua mãe Maria provinham de uma linhagem empobrecida. No batismo recebeu o nome de João.